sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Capítulo Vigésimo Sexto: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

  
O Livro de Ouro de Saint Germain
Capítulo Vigésimo Sexto

Autocorreção

Cada estudante deve ter presente, com toda segurança, que neste poder vivificante da Presença ‘EU SOU” dentro do seu Ser, todo o bem ou mal é ativado se existirem latentes, na consciência, rebeliões, ressentimentos ou a inclinação a julgar. Quer dizer que tudo isto sairá à superfície para ser consumido, e digo, sem vacilação alguma, a menos que elimineis conscientemente o que surja na superfície, aquilo vos consumirá.
Se uma pessoa nota que se está deixando levar pela ira, deve tomar as rédeas e decretar o mandato através da Presença “EU SOU, declarando que aquilo seja governado harmoniosamente. Agora, deixai-me recordar outra vez que o primordial em vosso progresso é a autocorreção; e que não há pessoa, lugar, condição ou coisa a que possais culpar pelo que vos empenhais em sustentar. Isto é imperativo para vosso progresso futuro; se chegastes a um ponto onde semelhantes condições sutis se produzem, há que colocá-las claramente e que as compreendais muito bem, porque, do contrário, enfrentareis condições que não podereis controlar.
Repito que deveis estar muito animados por causa dos adiantamentos feitos em vosso próprio controle, e pela vossa completa aceitação destas grandes Leis da Vida, além de vossa vontade de aplicar o grande chicote da autocorreção. Digo-vos francamente, e falo com experiência, que a atividade externa que chamamos humana tem que ser corrigida sem vacilação antes de ser trazida à submissão do Mandato Divino. Se eu vos dei o uso do Raio ou da Chama através da mão, é porque as mentes de alguns se estão sintonizando mais rapidamente do que a elevação da estrutura atômica do corpo. Esta atividade de passar a mão por cima do corpo manterá o equilíbrio da aceleração da mente e a elevação da estrutura atômica.
Agrada-me muito dar toda a assistência aos estudantes, e Eu o faço com a melhor boa vontade, porém há certos limites que não posso ultrapassar, porque os estudantes têm que avançar por si mesmos em sua consciência; entretanto, devo alertá-los que não podem oferecer à Presença EU SOU” uma atenção dividida, o que equivale a mandar um jorro de energia para dar poder a coisas que são negativas, ao mesmo tempo que invocais Deus em vós. Isto simplesmente retarda o progresso.
Falo por experiência. Não é possível dividir a atenção, compartilhando-a entre a Presença “EU SOU” e as coisas exteriores, as é que desejais superar o comum. Não quero causar choque a nenhum estudante, porém devo falar-vos a verdade: Se os amados estudantes que chegaram até este ponto não forem capazes de dedicar sua atenção à Presença “EU SOU”, excluindo toda outra forma de oração e tratamento, estarão fechando a porta de nossa ajuda por muito tempo. Isto não ocorrerá se os estudantes, seguindo as instruções, fizerem um esforço sincero cada vez que a atenção se dispersa, dizendo: “EU SOU” todo Poder e minha Presença “EU SOU” que sou, e me nego para sempre a aceitar qualquer outra coisa”.
Desejo preparar os estudantes, porque virá o momento em que não terão o sustentáculo de Nossos Mensageiros e terão que se apoiar em sua própria habilidade de agarrar-se com mão firme à sua Presença “EU SOU”. Sempre receberão seu grande poder sustentador.
É um erro, além de inútil, o estudante, depois de receber meses de instrução, deixar-se prostrar por um sentimento de depressão ou dúvida sobre seu poder interior ou de sua habilidade para aplicá-lo. Esta atitude mental infantil, além de incorreta, fechará a porta à Verdade, no decorrer do tempo.
Cada estudante deve tomar uma posição positiva, no momento em que uma discórdia de qualquer tipo pretenda entrar em sua mente e deve assegurar seu domínio declarando: “EU SOU a Poderosa Presença que governa minha vida e meu mundo e EU SOU a Paz, a Harmonia e Valor Auto mantido que me levam serenamente através de tudo com que possa me defrontar.
Entretanto, é de tal importância os estudantes obterem o benefício desses ensinamentos, que devemos interromper a instrução até eles serem assimilados. Pois depende da habilidade dos estudantes em captarem o conteúdo dos ensinamentos para que o Grande Juiz determine a próxima instrução. Não podemos, sob nenhuma circunstância levar o estudante além do ponto em que Ele se sinta fortificado.
Devo dizer, para a proteção dos estudantes, que, se ocorrem certos fenômenos, permaneçam calmos, equânimes e sem se impressionar continuem serenamente, não permitindo que sua atenção se fixe nesses fenômenos. É provável que neste grupo, alguns tenham gerado energias de estados de consciência passados, que podem produzir estes fenômenos. Nesse caso devem declarar firmemente: “EU SOU a Presença que governa isto e que o utiliza para sua mais alta expressão e uso”.
Eu vos asseguro que não necessitais desejar que se produzam manifestações sobrenaturais, porque o progresso natural de vosso Ser produzirá abundantes manifestações quando chegar o momento; porém, advirto que não me refiro às aparições dos Mestres Ascensionados, porque isso é algo inteiramente diferente e não se deve interpretar como fenômeno. Penso ser de grande sabedoria que o estudante, antes de ouvir ou ler alguma instrução, faça esta afirmação: “Grande Presença EU SOU, levai-me dentro de Vós, instrui-me, e fazei com que eu retenha a memória completa destas instruções interiores”.
Como Mensageiro da Luz, o treinamento que representa essa afirmação é essencial, porém não deve causar nem ansiedade nem tensão o desejo de reter essa instrução na memória, porque semelhante atitude poderia fechar a memória exterior.
Não posso deixar de sorrir ao ver que alguns estudantes estão prestes a experimentar coisas surpreendentes, porém confio em que sempre se mantenham serenos, sabendo que “EU SOU, a única Eterna e Auto mantida Vida em ação “e que retirem para sempre da consciência, que exista, em todo o Universo, a condição chamada morte. A atividade exterior da mente e o mundo é Maya que passa e se move como as areias do deserto, e não deve causar a ninguém qualquer temor, porque “EU SOU a Vida Eterna que não tem começo nem fim”. Do coração do Grande Silêncio brota a Corrente de incessante da qual cada um é uma parte individualizada: Essa via sois vós; eterna, perfeita, auto mantida; e pouco importam os trajes que vestis, até o dia em que chegueis ao ponto de reconhecer que vossa realização vos deixou preparados para colocar o “manto sem costuras”, autossustentado e radiante, com as cores do espectro.
Então podereis regozijar-vos com esse manto que é eterno, sempre radiante, imutável, que vos separa da roda de causa e efeito, fazendo um ser unicamente ‘de Causa”.
Essa Causa é a radiação do Amor Divino sempre emanando e evolucionando de vosso consciente, equilibrado, estabilizado, radiante centro Divino, ou seja, o Coração da Presença “EU SOU”, que é a juventude e a beleza eterna, e a toda sapiente Presença que contém em sua autoconsciente ação do passado, do presente e do futuro que, afinal, são apenas o Único e Eterno Agora. Assim, é a eterna eliminação de todo tempo e espaço. Então, encontrareis vosso mundo povoado de seres perfeitos; vossos edifícios decorados com joias seletas; vós, de pé, no centro de vossa criação (“a joia no coração do lótus”) sendo suas pétalas as grandes avenidas de vossa atividade perfeita.
Tal é o singelo quadro do que tereis pela frente, chamando-vos a que entreis em vosso perfeito e eterno lar e radiação. Vede vós, Eu sinto essa radiação gloriosa, e se conseguis centralizar-vos na Presença do Amor Divino e manter-vos ali firmemente, que maravilhosas experiências vos virão, isto se puderdes deixar tia a interferência da atividade externa mental.
Quando uma pessoa tomar a atitude de “EU SOU” a Presença do Amor Divino em todo momento”, fará essas coisas maravilhosas, O uso desta afirmação, com sentimento fecha a porta, em todos os momentos às atitudes externas da mente. A solução de cada problema está sempre à mão porque a Presença “EU SOU” sempre contém todas as coisas dentro dela.
Um esforço é impulsionar a petição para que se manifeste. “EU SOU” é o princípio ativo inteligente dentro de vós, o Coração de vossos seres, o Coração do sistema. Não posso deixar de lembrar-vos: Cada vez que dizeis “EU SOU”, estais liberando Uma matéria-prima auto mantida. todo-poderosa, única e inteligente energia. Persisti e entrareis em uma condição suprema e maravilhosa. Quando vós olhais o Sol Físico, em realidade estais olhando o Grande Sol Central, o próprio Coração da presença “EU SOU”. Deveis tomar a determinação incondicional de que “a Presença “EU SOU” governa completamente este corpo físico e o obriga à obediência.” Quanto mais atenção derdes ao vosso corpo físico, mais ele vos prejudicará com suas exigências e domínio.
Quando o corpo físico está cronicamente enfermo ou continuamente manifestando distúrbios, isto comprova que se lhe deu atenção especial por um longo período de anos, do que resultou uma ou outra perturbação, e nunca melhorará até que se tome a atitude positiva e se o obrigue à obediência. Vós podeis positivamente produzir o que queirais de vosso corpo listo, se fixardes a atenção em sua Perfeição. Não permitais que vossa atenção incida sobre suas imperfeições.
Para a Ascensão: ‘EU SOU A Presença que ordena’. Usai esta afirmação frequentemente, porque aquieta a atividade exterior, de modo que ficareis centralizados na atividade do amor.
No momento em que perceberdes algo discordante, afastai-vos dele. Tendes o Cetro do Poder em vossa consciência; usai-o sempre. Deveis apenas seguir a ordem de Jesus: Não olheis a nenhum homem de acordo com sua carne. Isto quer dizer, exatamente: Não reconheçais imperfeição humana, seja em pensamento, sentimento, palavra ou ação.
Algo muito poderoso para usar nos problemas é a simples consciência de: “DEUS em mim, Presença Eu Sou’, manifesta-Te, governa e resolve harmoniosamente esta situação”, ela operará milagres, pois tudo que deveis fazer é invocar instantaneamente a Presença “EU SOU e colocá-la a trabalhar.
Jesus disse: Pedi e recebereis; buscai e encontrareis; batei e a porta se abrirá”. Dizei, pois, a vosso Ser Divino, Ouve-me: Deus! Vem aqui e cuida disto. Deus quer que vós a ponhais a trabalhar. Isto abre o fluxo à Energia Divina, à Inteligência e à Substância que logo cumprirão a ordem.

Fim do capítulo 26

Postar um comentário