quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Ann Albers: ESQUEÇA AS EXPECTATIVAS.


Esqueça as Espectativas.
por Ann Albers
09/12/2017

Deixar de lado as expectativas tem sido uma lição contínua na minha vida. Quando eu me formei com uma licenciatura em Engenharia Eletrônica, eu esperava que conseguisse um bom trabalho, casasse, tivesse dois filhos, me aposentasse, viajasse e se encaixasse em uma boa vida social e familiar. Como diz o ditado, "Deus tinha outros planos". Muito melhores.

Tudo estava funcionando perfeitamente de acordo com o plano com duas exceções: não adorei meu trabalho e não amei minha vida. Na verdade, foram vários anos após a faculdade que percebi o que é que faltava na minha vida, Eu. Eu estava tão focada em "como as coisas deveriam ser" que nunca tinha parado de me perguntar: "Eu gosto do que estou criando?" "Eu aproveito o caminho em que estou?" Quando me fiz estas perguntas, as respostas foram séries dolorosas de "não".

Demorei vários anos para admitir essa verdade para mim mesma, e deixando de lado completamente minhas expectativas sobre como a vida deveria parecer, eu abandonei a engenharia, admiti que meu casamento era exatamente o que eu achava que deveria "ser", mas nem sequer perto do que me atraia, e me descobri sendo chamada a fazer leituras com os anjos.

Eu entrei nas mudanças de minha vida chutando e gritando. Experimentei perda, solidão e carência, tudo de uma só vez. Eu me afligi e solucei à noite. Eu me senti como uma pessoa horrível por "desistir", até que finalmente tive que admitir que O Criador dos Universos realmente tinha um plano melhor para todos os envolvidos, melhor do plano que eu tinha concebido. Meu ex-marido, que é um homem muito bom, voltou a se casar com outra mulher, tal como pensei que seria, e foi feliz desde então. Meu trabalho foi delegado a outras seis pessoas que tiveram a oportunidade de avançar na empresa. Acabei em uma vida que eu amo.

Como eu já escrevi, meus primeiros Natais vividos por minha própria conta não pareceram com nada do que eu pensava que deveriam". Em vez disso, guiada pelos anjos, eles foram repletos de surpresas maravilhosas.

- - - - - - -

Aqui estão algumas dicas para aproveitar os feriados se você sentir falta, perda ou solidão:

1. Se você está solitário, procure maneiras de se doar

Nada cura a solidão mais rápido do que uma conexão. Uma das maneiras mais gentis de se conectar com os outros é servir. Ser voluntário para embrulhar presentes, entregar presentes dos anjos de Natal, servir voluntariamente em um hospital local, ler histórias, construir casas de brinquedos, servir sopa, passear com cães resgatados ... a lista de necessidades que existe é infinita. O Google oferece "oportunidades de voluntariado nos feriados" pesquise com o nome da sua cidade e você encontrará muitas.

Se o trabalho público de voluntariado não lhe atrair, faça algo discretamente amável para os outros. Coloque bilhetes com citações inspiradores sob a porta de pessoas totalmente estranhas. Dê balas para as crianças. Sorria. Segure uma porta. Ajude alguém com necessidade.

Ao nos doarmos, esquecemos de nós mesmos e encontramos as conexões que procuramos.

2. Se você está sofrendo uma perda, reconecte-se com as alegrias dos relacionamentos.

Quando você está sofrendo, você não pode contornar as lágrimas, nem deveria fazer isso. É melhor permitir que as emoções surjam nos seus ciclos naturais. No entanto, quando não engolfado pelo sofrimento, você pode começar a desenvolver um relacionamento com seu amado no céu, para que possa continuar a se conectar, embora de uma maneira muito diferente do que você fazia quando estavam na Terra.

O primeiro passo é criar formas de lembrar os bons momentos. Encontre todas as fotos felizes que você puder e faça um álbum ou uma colagem que mostre estes bons sentimentos. Em vez de se concentrar no que você não tem, ou não terá, faça o seu melhor para se concentrar nas belas ocasiões que já viveu.

Em seguida, faça uma determinação para crescer espiritualmente e aprender a se conectar com seu querido no céu. Existem muitos CDs, aulas, etc. que podem ajudá-lo. Eu tenho um com algumas meditações para ajudá-lo a se conectar chamado "Life After Death", que as pessoas relataram que funcionou bem para eles.

Se você pode se concentrar em encontrar a conexão com o seu amado novamente, então a perda lenta se transforma em um relacionamento expandido.

3. Se você está tendo falta, explore a abundância interior.

Talvez você não possa pagar por presentes este ano. Nesse caso, é hora de se tornar criativo como as pessoas faziam há séculos, e encontrar maneiras de compartilhar seus presentes, sentimentos, talentos, etc. Talvez você possa dar de presente o ato de cozinhar uma refeição para alguém, passear com um cachorro ou criar algo de baixo custo .

Uma vez entreguei aos amigos um cupom para uma boa refeição caseira todos os meses. Não me custou muito. Isso me deu a alegria de criar, e eles comeram bem! Certo ano, eu peguei bolas de Natal bem baratas, juntei-as, enrolei-as com cola e neve de brilho de Natal de que comprei em uma loja de um dólar, e decorei bonecos de neves com tudo isso. Incluí um poema manuscrito, e meus amigos amaram.

Uma carta que expresse seu amor e apreciação por algum amigo é um lindo presente. Uma coleção de cartas de amigos comuns é ainda mais bonita. Você pode ajudar alguém a decorar para o Natal. Se você tem uma voz, você pode cantar uma canção de natal personalizada. Você sempre pode encontrar presentes baratos de seu reservatório de talentos pessoais. Raramente um receptor espera que você dê tanto de si mesmo.

Presentes dados de coração são lembrados por muitos anos.

- - - - - - -

Espero que isso ajude você a ter um feriado feliz, não importa o que está acontecendo em sua vida e coração. Afinal, é sempre sobre o Amor que trazemos por Ele.


Direitos Autorais
 Ann Albers

©2012 Ann Albers, All rights reserved
website: http://www.visionsofheaven.com/

Traduzido por Adriano Pereira
Manaus/Amazonas
blogluzevida@gmail.com

Gostou! Compartilhe com Seus Amigos!



Postar um comentário