quinta-feira, 11 de maio de 2017

Sophia Love: AO MUDARMOS - TERMINOU, & NÓS NÃO TERMINAMOS


Ao Mudarmos – Terminou, & Nós Não Terminamos
Sophia Love
09/05/2017

Preste atenção. Estes são os dias em que você vai olhar para trás, para as vívidas lembranças que você vai relembrar, dos contos que você vai contar para quem pedir. Você terminou uma era, e começou uma nova era.

Quando você cria seus filhos, você fica tão profundamente agitado e enraizado ao longo de cada dia, que a maioria deles passa sem nenhuma sensação de perda. Sem um pensamento sequer de que algum dia desejaria que eles voltassem. É assim agora. Não que desejemos voltar a luta, mas que possamos desejar a aventura em nossa busca pela liberdade.

Estamos suficientemente perto agora para senti-la. Os visionários dentre nós a veem. Não há nada para compará-la, e não há maneira de se preparar. Estamos criando um novo mundo.

Viemos por muitas razões, nada menos do que a emoção. É o contraste, o objetivo, o "ir aonde ninguém foi antes", uma parte de nossa vida que nos estimula e enche as mentes com propósito.

Este momento agora, esta tempestade antes da calmaria, é aquele em que nós aprimoramos nossas habilidades. A calmaria virá até nós, é verdade. No entanto, como seres humanos, somos viciados na tempestade.

Nós somos criadores sem diretores agora. Os controladores deixaram o prédio. O tema e a ação são nossos para construir.

Nós pisamos em terreno novo. Lembre-se que um show sem direção pode ser caótico e aparentemente sem propósito. Mantenha sempre em sua mente, "para que fim?" Isto é o que faz um bom diretor.

Deixe os resultados direcionarem seus pensamentos e palavras, enquanto a compaixão orienta seus movimentos. Nós não viemos só para remover os grilhões; nós viemos para demonstrar soberania.

O que está acima é a nossa soberania. O que está sendo testemunhado agora é semelhante ao peixe que foi capturado pela rede de pesca. Sua única opção é não ter opção. Ele continuará na rede. Observar não muda seu destino, mas pode alterar o nosso. Um ato mais produtivo seria preparar-se para o que vem a seguir.

Esta é a parte "nós não fizemos". Nosso papel como criadores conscientes agora ocupa um lugar central. Preste atenção. Escolha a direção de seus pensamentos. O que emerge agora são papéis e tendências individuais. Nós co-criamos enquanto mantemos nosso foco; atuando todo o tempo.

A fé e a intenção forçam a semente a se dividir e começar a crescer. Perceba que nada acontece agora até que nós o comecemos. Somos tão poderosos.

O campo está aberto. Eu ouvi sonhos incríveis de alguns de meus amigos. Eu li belos posts descrevendo visualizações maravilhosas de para onde estamos indo. ALERTA DO SPOILER: O filme Trolls encerra com a mensagem que a felicidade é algo dentro de você, não algo que você tem que buscar Tudo ao nosso redor são visões, escolha uma para começar, e crie a sua própria.

Tudo é possível agora. Nenhum de nós sabe exatamente quando no calendário essa mudança aparecerá diante de nossos olhos. No entanto, é certo que se manifestará quando o sentimento for verdadeiro. O truque é abandonar a noção de que tem que fazer sentido, ou seguir qualquer ordem particular. Estes são os momentos de imprudente abandono.

Permita em seu coração seus sonhos mais loucos. Este seu coração é o motor, esperando pela sua centelha de realização. Ele vai levá-lo para qualquer lugar que você julgue possível.

Então, não espere pelo canto da gorda senhora. Ela pode nunca cantar. Acabou. Mas ainda não terminamos. Agora vem a parte divertida; A parte em que nós criamos. Nós podemos fazer isso.

Nós somos aqueles que estávamos esperando.

Com muito Amor,
~ Sophia

Política de uso:
Por favor, publique este artigo em todos os lugares! Apenas inclua o link da mensagem original. Muito grato. http://www.sophialove.org/my-blog
 
Sophia Love
Traduzido por Adriano Pereira



Postar um comentário